Comportar-se como um animal ao volante é tão português como o fado e o chibanço. Ter ministros a 200 km/h na A1 sem pagar multa, comprar um Audi em 2ª mão, meter um aileron Matias na oficina do bairro e testar o bólide na ponte Vasco da Gama é português. E dizer mal dos outros também. E viva o blogue :)



segunda-feira, 12 de novembro de 2007

O acidente da A1 (sim, mais um...)


Calma, que eu não morri, nem fui atacado por um gang de tunings; simplesmente tenho uma vida para além deste estaminé, e bem ocupada nestes últimos dias. E hoje, por causa de mais um compromisso, tive de dar um salto ao Porto. Mal sabia eu que iria ser mais matéria para este estaminé fedorento...

Ora bem, como eu não tenho acções da Brisa, lá fui eu de camioneta para o Porto (sabiam que as portagens Lisboa - Porto - Lisboa são mais caras que um bilhete de camioneta ida e volta?!); entretanto, na rádio falava-se de mais um acidente na A1, com um camião cisterna, para os lados de Aveiro. O que fazer? Desmarcar é impossível... o melhor é esperar que a Brisa não queira desafiar o seu próprio recorde de 14 horas a desobstruir a via. Fé nos bombeiros e siga para a terra das francesinhas.

Ao início, enquanto despachava um mail ou outro, notei que o condutor da camioneta divertia-se a pisar a faixa sonora periodicamente, num slalom suave, como quem trauteia pela enésima vez a musica da Mel C. Uma análise mais atenta ao fulaninho mostou a origem de tal serpenteamento:




Sim, o tipo tinha o dente azul coladinho na orelha como mandam as regras, mas que estava a abusar nas escritas, estava. Enquanto estava a ganhar coragem para chamar a atenção ao fulano, lá felizmente parou de escrever a coluna editorial para o "Pesados'R'Us". Já que a PT inventou um sistema de leitura sintetizada de SMS, já era altura de criarem um sistema de interpretação automática de mensagens para SMS. Mas, se for a ver, para quê? No outro dia, vi um tipo num Mercedes espampanante, a atender a chamada de tijolo na orelha; será que não sobrou mais dinheiro para comprar um kit mãos livres reles?

Bem, deixa para lá; chegando até Aveiro, lá me deparei com o "ground-zero" do acidente do camião cisterna. Imaginem alguém que tem de estar no Porto às 14h e que se depara com este espectáculo de carros parados em plena A1:



Que fazer? Sair da camioneta para desentorpecer as pernas. Os trolhas da carrinha do lado até se deram ao luxo de sentar no rail, a apreciar o show. Só faltava o piquenique à beira da estrada. Realmente, não havia muito para fazer, e toca a tagarelar com o condutor da camioneta. Depois de uma cavaqueira já amena, ele disse que o acidente deveu-se a um adormecimento ao volante, e ocorreu por volta das 6h15. Mostrou-me os novos cartões de registo de horas, do tamanho de cartões de crédito e que iam substituir os antigos dísticos; uma espécie de caixa-negra que precisa de ser descarregada de 28 em 28 dias. A parte engraçada é que disse-me que já há artimanhas para contornar esta medida de segurança que pretende evitar, entre outros, acidentes por adormecimento ao volante! Irónico, não é?

A fila lá avança, e como não podia deixar de ser, as televisões já lá estavam em força.



Ora aqui está o camião cisterna... vim a saber mais tarde que hoje houve 3(!) acidentes com camiões cisternas! Eh lá, que os tipos do SIS quase que pousavam o jornal na mesa e ainda tentavam fazer um ou outro telefonema para saber se é algum ataque terrorista... mas foi falso alarme, e felizmente isso não perturbou a lerpa marcada para a tarde.



Ah, e mais uma achega: das muitas histórias do condutor da camioneta, ele deixou escapar uma, muito sui-géneris: disse que, perto da Feira, esteve a olhar para o retrovisor; passados poucos segundos, passa-lhe um Ferrari nos seus 200 e tal à hora. Ao que parece, ele próprio apanhou um susto monumental, e sentiu a deslocação do ar com oscilações no volante. Ou seja, por pouco que não havia mais uma tragédia por causa de uma manifestação de complexo masculino desenfreado, e sem culpado à vista... e assim vão as histórias tenebrosas da A1.

Já agora, lanço um pedido: na 4ª feira tenho de voltar ao Porto, e não posso falhar o compromisso. Por favor, senhores condutores de cisternas, não se estampem na A1, por favor. Esperem até 5ª, OK? Ou usem uma nacional para isso, pode ser? Obrigado.

15 comentários:

NHEKNHEK disse...

Com que entao ja há artimanhas para enganar o sistema!! Aqui está mais um belo caso de como o Condutor portugues é bom no desenrasca e na violação das regras de segurança! Tenho cá para mim uma teoria para estes comportamentos, eu acho que é o prazer de violar as regras, mesmo que estas sejam para a nossa segurança.
Deve ser um gostinho muito bom o saber que se tem algo que pode ser ilicito, até mesmo o calcar a banda sonora pode ser analizado como uma tentativa de romper as amarras da lei e avançar os rails rumo a liberdade pelo mato fora...
Proponho que os futuros condutores além de terem que passar no exame de código, exame de condução e exame medico, tambem tenham de passar por um exame psicologico rigoroso...Há por ai muito condutor com graves disturbios psicologicos com tendencias suicidas, homicidas e exibicionistas...

Jota disse...

Boas noites.
Abstive-me de tecer qualquer tipo de comentário sobre a/as histórias do radar. Tenho as minhas opiniões e os outros têm as suas...
Agora sobre este acidente na A1, não posso deixa-lo passar em claro!
Diariamente utilizo a A1. Faço aproximadamente, entre a minha casa e o trabalho 70km/dia, grande parte na A1. Ora bem. Infelizmente os acidentes acontecem. As auto-estradas, e restante rede viária são artérias importantes de passagem de mercadorias que vão desde o mais inocente produto natural ao mais perigoso produto quimico. Utilizando pois a A1 vejo todo o tipo de condução. Vejo os ligeiros fazerem "tricot" no meio do transito, utilizando as 3 faixas da Autoestrada (há aproximadamente 3 meses um PARVO - para não lhe chamar C*+#@ que não lhe conheço a mulher - em plena A1 por volta das 8 da manhã utilizou inclusivé a faixa de emergencia para ultrapassar um camião...). Vejo Senhores e Senhoras na faixa da esquerda a empatarem o transito; Vejo a faixa da direita livre e a do meio cheia; Vejo autocarros de passageiros a velocidades superiores ao permitido por lei (é 100Km/h nas autoestradas, não é...?); Vejo imensos farois de nevoeiro ligados; Vejo farois desfocados e lampadas fundidas; Vejo camiões de brita com carga destapada; ...infelizmente vejo muita coisa, tal como os restantes condutores. mas só nós é que vemos. e a Policia, e a GNR (na caça á multa - é mais pratico e mais sossegado! Na caça aos Xunings - tem mais impacto na imprensa!)
Assim, se calhar o condutor do pesado ter adormeçido ao volante é causa da falta de patrulhamento das autoridades, ou pode ter sido uma manobra perigosa causada por um ligeiro á sua frente, ou oleo derramado. É que um camião pesa muito e sendo sisterna o liquido é uma carga instável pelo que perder a manobrabilidade é bastante facil.
Mais uma coisa: Um ferrari passar a mais de 200 por um autocarro de passageiros não provoca grande deslocação de ar para um veiculo pesado. É praticamente impossivel a não ser que o condutor do mesmo tenha estado a sonhar quando escrevia algum sms a conduzir!

danitri disse...

Concordo totalmente com o comentário anterior.

Português ao volante disse...

jota,

Concordo com o que dizes; só que a história do Ferrari vais ter de a engolir "as-is", pois a história não é minha. Também acho que foi mais susto que outra coisa, mas o sentido é o mesmo: a irresponsabilidade de alguns pode provocar transtornos e mortes a muitos.

Honestamente, começo a perder o gosto de andar pela A1. A próxima vez que for ao Porto de carro, acho que vou andar a brincar pela A8 e depois logo se vê... é que é tanto troço com 2 faixas apertadas, tanto gajo que se acha dono daquilo, que sinceramente, não estou para aí virado.

The Barman disse...

Boas...

Este ano pelo andar da carruagem,vamos bater o record de mortos nas estradas.....e ainda o Natal não chegou.
Isto esta cada vez pior!!!

Zylmhuin VII disse...

Porto-Lisboa ou vice-versa, ou de carro (para me pirar para as Nacionais em casos destes) ou comboio...

DE comboio, o pior que pode acontecer é cari uma cantenária ou haver um delizamento de terras...

PS: Estava a ficar preocupado... andavas fugido... ;)

Paulo disse...

Ó P@V, ajusta aí o link pró vid do Markl .. .e já agora, "sisterna" !? :D

Em relação à A1 ... fujo dela sempre que posso. In fact, fujo das Autoestradas sempre que posso.
Embora sejam as estradas mais seguras (só representam 8% dos acidentes com vítimas), são estranhamente as mais patrulhadas pela BT ... e como me "custa" andar a 120kms/h numa moto a direito (dá cá uma sonolência....), prefiro ir pelas nacionais sempre que posso.
Poupo nas portagens, mantenho os pneus redondos (ficam "quadrados" nas AE), não me arrisco a adormecer e a probabilidade de ser incomodado pela BT é mínima :-)

"V"

Português ao volante disse...

Já está. Obrigado, Paulo. O raio do add-on Firefox para corrector ortográfico PT não funcemina...

Rui Vilela disse...

Vi essa notícia no Público, até pensei que tu estavas lá :D (como na última vez que falaste de um acidente na A1)

O firefox têm um problema esquisito quando se actualizam plugins, ou não escolheste o dicionário certo (perde o default).

caditonuno disse...

foste e sempre regressaste com vida, ou nao tínhamos 1 post acima!

Torre disse...

Sejas bem vindo de volta do cataclismo que se abateu na A1, nos últimos dias... Mas a mim parece-me que, muito embora os acidentes mortais tenham aumentado este ano, a TVI e afins parecem estar a cativar o sensacionalismo, e por isso é que temos assistido a acidentes em barda...

Ainda ontem, ás oito da noite, em primeira mão, uma monovolume e uma camioneta, felizmente sem mortos... Mas lá estavam as sanguessugas, a ver o que lhes caía daquele tétrico espectáculo de chapa retorcida...

Os media andam em cima do acontecimento, mas mais uma vez, pelas razões erradas... Não há pedagogia nas informações passadas, só sensacionalismo, como sempre.

Quanto á maneira de aldrabar os novos tacógrafos digitais, já tinha ideia de que isso iria acontecer... Se puderes, P@V, manda-me um mail a dizer como isso é feito, ou pelo menos como te contaram, que eu lido na minha vida profissional também com uma empresa de camiões, e dava-me jeito saber como é que eles agora "aldrabam", que tenho que andar em cima disso...

Peço-te o mail, a ti ou a alguém que saiba (omeumaildo@gmail.com), porque dá-me mesmo jeito saber, e quanto menos isso for revelado, melhor; se bem que acho que o único a não saber agora devo ser mesmo eu...

E faço minhas as palavras dos restantes "paineleiros" ;) que acima escreveram, nomeadamente, o jota: tudo passa em claro na A1, excepto o excesso de velocidade... E se um camião cisterna é difícil de guiar, bem o sei; por isso, o cuidado tem de ser redobrado... Se é culpa do motorista adormecer, ou se do patrão, que o manda aldrabar o tacógrafo, isso já são outros 500 paus...

Português ao volante disse...

Torre, honestamente não chegámos a muitos detalhes; mas tem a ver com o facto de nem todos os camiões/camionetas terem ainda o aparelho instalado, e a BT mandar seguir, pois olha para o cartão e manda seguir; não sabem analisar as horas. Com os discos era imediato, agora ao que parece ainda não sabem controlar os cartões.

E, segundo o que deu a entender, tudo pode ser copiado e alterado. E mais não sei, também não é a minha especialidade.

Mas digo-te: se a conversa fluiu assim naturalmente, só tens que meter conversa num camionista ou outro, e ficas a saber a podridão toda.

Isto até quase inspirou-me a inaugurar ums postas de entrevistas com malta da estrada.

Nuno Pais disse...

Talvez por passarem muito tempo na estrada, os condutores das camionetas são grandes conversadores!

Quando vou até a Santa terrinha de camioneta, depois de sair da autoestrada e sairem os 1ºs passageiros é sempre normal meter conversa e ouvir entre tantas histórias as queixas os horários sobrecarregados a que os obrigam nas alturas das festas!

Histórias de trocas e baldrocas com discos, limitadores de velocidade que só funcionam para inspecções, mesmo não sendo praticadas pela empresas onde trabalham (ou não o admitindo) eles conhecem os podres quase todos que andam por aí.

Agora pergunto, se eu consigo saber (embora muito por alto), se o P@V consegue saber, como é que a policia não sabe?

Abraço

Português ao volante disse...

Nuno Pais,

Há corridas todos os fins de semana na ponte vasco da gama. Há malta alcoolizada a sair de todas as discotecas do país. Os stands possuem carros importados em segunda mão com muitos quilómetros martelados.

Julgas que eles não sabem? Mas isso não rende dinheiro. Os radares, por outro lado... é melhor estar calado.

marco disse...

Eu não acho que o "Zé tuga" seja bom no desenrasca!!Parece-me mais que é um bom "ouvinte"e que aprende nestas situações o que mais dá jeito ao patrão!por motivos obvios...não acredito que nenhum motorista de pesados tenha prazer em andar a trabalhar mais que o horário que está estipulado no código!!??se o fazem é porque o patrão os manda fazer,se não "á muito brazileiro a querer trabalhar"e esses aceitam tudo!!quanto ao haver meios de falsear os ditos novos cartões(que de novos é só cá entre nós!!??)os "zé tugas"limitam-se a aprender o que já lá "fora" se faz...tudo em pról de mais euros!!...e já agora para mais uma vez repararem como a lei em portugal é "rica" em falhas desconsertantes!?...sai mais barato a multa por não apresentar "discos"(apresentando somente o que se encontra no tacógrafo se ainda estiver com horário legal!!??),não se sabendo assim qual o horário do camião nem do motorista nos ultimos dias do que apresentando um qualquer desses "discos" com um qualquer excesso quer de velocidade quer de horas!!??com isto o motorista consegue se o patrão assim o entender trabalhar uma semana inteira se for preciso sempre legal(tirando a multa por falta de anteriores "discos") na hora de control por parte das autoridades!!!...por estas situações e muitas outras que eu acho que muitos dos acidentes com pesados se devem a quem está sentado atrás de uma secretária á espera de muitos "euros" do que de quem está atrás do volante...


who's online
eXTReMe Tracker
THE BOBs
Humor blogs
Top Blogs
BloGalaxia
Coches ES

MyFavatar