Comportar-se como um animal ao volante é tão português como o fado e o chibanço. Ter ministros a 200 km/h na A1 sem pagar multa, comprar um Audi em 2ª mão, meter um aileron Matias na oficina do bairro e testar o bólide na ponte Vasco da Gama é português. E dizer mal dos outros também. E viva o blogue :)



sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Alto lá, afinal o palhaço-mor é outro!!





Esta foi uma manhã verdadeiramente rocambolesca, com a notícia deste "Programa Risco Estúp Zero". Como seria de esperar, as reacções não se fizeram esperar: Carlos Barbosa, presidente do ACP, compara a media aos "tempos do nazismo, quando havia judeus e não-judeus". Já a ACA-M é mais directa, e dis que é "inadmisível". Eu cá dou a minha verdadeira opinião: já vi coisas com melhor aspecto no vómito de um caloiro, na sua primeira Queima das Fitas. E que provavelmente cheirava melhor.

Ora, a pergunta que todos querem fazer agora é: quem é que vamos atirar para a fogueira? Não, não é o ministro da Administração Interna, por enquanto... esse deve só estar a «analisar o processo para que se actue em conformidade e de acordo com o futuro de Portugual e dos portugueses», como dizem todos...

O palhaço da semana chama-se António Peres, e é administrador da Peres.n'Partners, a tal empresa de marketing que elaborou esta proposta. Ou seja, cá para mim foi apenas mais um golpe publicitário para conseguir publicidade gratuita nas televisões, em horário nobre, à custa de uma proposta absurda que não cabe na cabeça de ninguém! Pois bem, ó palhacito, já tiveste os teus 5 minutos de fama, já podes voltar paa o frasco. Troca o formol e atarracha a tampa bem, pois a malta não está minimamente interessada em ver a tua cara nos próximos tempos!

Já agora, ó amigo, não queres colocar público o historial de acidentes que tens, mais o historial de acidentes dos colaboradores que contribuíram para a proposta? É tudo verdinho, ou não?! O que mais me choca, é que estes foram os mentores da campanha Crash!, que mostrou carros acidentados no Terreiro do Paço, essa sim, uma das melhores campanhas de PREVENÇÃO que já vi em Portugal! Mas, como realmente devem ter esgotado toda a sua capacidade imaginativa nessa campanha (será que foi uma cópia do que se faz lá fora?), decidem propor um verdadeiro ABORTO para o MAI, só para aparecerem na televisão. E o pior é que, com governantes deste calibre, esta brincadeira ainda é aprovada!

Começo a ficar enjoado destas publicidades dissimuladas! Pois para mim, fica aqui preto no branco: Peres.n'Partners, vocês são uma cambada de palhaços!

6 comentários:

Nuno Pais disse...

Peço desculpa PV!
A campanha Crash foi das melhores campanhas de prevenção rodoviária em Portugal?!!!
Acreditando, que tenha alguma informação sobre aquilo que se faz em Portugal ao nível da Segurança Rodoviária, isso só pode mesmo significar uma coisa, não se faz mesmo nada de jeito em Segurança Rodoviária em Portugal.
Ferro velho ao ar livre, não é segurança rodoviária!

Português ao volante disse...

Nuno Pais,

Não tem que pedir desculpa, que eu não estou sempre certo. Digamos que "na terra de cegos, quem tem um olho é rei"... e acho que quis dizer isso mesmo, num país onde não se faz nada em Prevenção, foi uma iniciativa vá lá, meritória, mas também aceito, fraquinha.

E, agora que conheço a ilosofia dos "pais" dessa campaha, é realmente de duvidar.

Coiso disse...

O senhor tem um problema com moscas. Acho que é por as moscas gostarem de

Jarod disse...

Só quero dizer que este assunto já morreu. Passemos em frente, e IGNOREMOS AD ETERNUM essa empresa que esgotou os seus 5 minutos de fama.

Espero que os Gato Fedorento gozem de forma valente com a empresa, porque merece. Afinal trata-se de uma parvoíce que não foi obra deste Governo em que não votei para lá estar, mas como tu dizes, era bem provável que fosse "estudada a hipótese".

Afinal num país onde se elege um candidato a P.M. que mentiu para ser eleito (isto eu já sabia antes, por isso não votei nele e tentei convencer outros a não fazê-lo, em vão, e agora esses lamentam-se a mim do porquê de não me terem dado ouvidos), nada disto me espanta.

Eu já mencionei que não votei PS nas últimas Eleições Legislativas?

Anónimo disse...

Se me é permitido além desse palhaço, tem de existir outro ou outros palhaços, que o autorizaram a fazer essa proposta de autocolantes.Faz-me lembrar as tão faladas escutas, quem manda fazer?

Izzi disse...

Já tinha ouvido falar, é claro, desta nova estratégia de "prevenção rodoviária", mas não conhecia de todo quem tinham sido os seus autores...e olha! Já esqueci! LOL, que gente palhaça!


who's online
eXTReMe Tracker
THE BOBs
Humor blogs
Top Blogs
BloGalaxia
Coches ES

MyFavatar