Comportar-se como um animal ao volante é tão português como o fado e o chibanço. Ter ministros a 200 km/h na A1 sem pagar multa, comprar um Audi em 2ª mão, meter um aileron Matias na oficina do bairro e testar o bólide na ponte Vasco da Gama é português. E dizer mal dos outros também. E viva o blogue :)



terça-feira, 27 de novembro de 2007

Já que a malta aprecia entrar em estado catatónico...











Estive aqui a bisbilhotar o meu arquivo de tesourinhos deprimentes, à procura deste Uno que me foi enviado há muito tempo por um colega ao volante, do qual infelizmente perdi o rasto, e que gostaria muito de lhe dar o devido crédito pela autoria das fotos. Se foi você, força, reclame pois eu quero dar o crédito devido a quem merece.

Este Uno branquinho, à primeira vista, parece imaculado como uma noiva. Digamos que é um carro que faria com que o AJR, dono do AX com a maior colecção de autocolantes GT e Flames de Portugal, ficasse a olhar para ele como uma tela em branco, e já a fazer um orçamento mental de quantos Bollycaos tinha de comprar para encher o carro de dísticos. Realmente, há que salientar que nem o misterioso autocolante do depósito de combustível, que já foi provado cientificamente que aumenta a potência do automóvel em precisamente 0,0%, consta do inventário de alterações neste Uno. (Talvez pelo facto de ser necessário meter a chave no meio, mas nada que um furinho resolva...) Ou seja, um verdadeiro cordeirinho...

Mas não! As ópticas traseiras raiadas mostram que este Uno não é um cordeiro qualquer! Ora reparem no aileron auto-regulável (já com um pouquinho de ferrugem, é verdade, mas deve funcionar)... Já a parte da frente indica o pedigree deste exemplar que deve ser o rei dos semáforos lá da zona. Debaixo do capô aquilo deve esconder um motor de competição, pois só assim se justifica as molas de abertura do capô, e a entrada de ar suplementar no meio do capô. Ou isso, ou o raio do carro está sempre a avariar por falta de líquido refrigerante...

De notar que a tinta branca usada para pintar os pára-choques, os puxadores das portas ou a haste da escova ainda não está a descascar, o que é bom. Ainda não percebi muito bem porque é que o dono embirrou com a escova do vidro de trás, que foi para os porcos. Quanto à nova grelha a invocar o horroroso Fiat Mille, pá, acho que tem ser revisto na próxima onda de alterações. Sim, porque acredito que isto é mais um "work in progress". Um gajo não pára...

E agora, que venham os comentários sem acentos, sem pontuações, e com porradas de abreviaturas com 'k'. Confesso que alguns dos atropelos feitos à língua portuguesa pela malta até que me diverte um pouco. Ou será que, com estes exemplares de "tuning alternativo", eles passam ao lado?

15 comentários:

Chiconline disse...

E eu a pensar que o e-mail com essas fotos não tinha chegado ao destino hehehe.

Português ao volante disse...

Oops alguém já se acusou! :)
chiconline, pá, tenho muitas fotografias vossas guardadas, e ue infelizmente já perdi a conta de quem enviou o quê. Por acaso, era para meter hoje mais uma postas interessante sobre a viagem que fiz ao Porto, mas não tenho o SDCard comigo... e como vou agora para a Noruega, provavelmente vão ficar armazenadas no baú, à espera de uma oportunidade.

Simples Mas Arrumado disse...

E eu a pensar que desta vez tinhas errado e afinal, analizando ao pormenor podemos ver a classe infernal do lobo em pele de cordeiro... ou melhor o gato escondido com o rabo de fora.... digno de nota!!! sim senhores.

chiconline disse...

Não há problema :)
Boa viagem não te esqueças é da máquina para tirar fotos ás machines norueguesas.

NHEKNHEK disse...

Este está excelente! É o "berdadeiro" Uno Serie limitada e numerada "Azeite Galo Edition"...
Chegei a ver muitos que tiravam td o k era acessório e essencial... canhao da chaves da mala e puxadores da mala, até puxadores das portas, devia abrir com algum cordel escondido...
Era escovas, grelhas tudo o que não fosse necessário para o carro locomover-se... e digo locomover porque tratava-se na maioria dos casos dos poderoso e miticos 45S...
Tirando essas peças todas devia ter um desempenho superior ao fantastico 60sx cujos cavalos eram quase impossíveis de domar...

Jota disse...

Boas noites.
Em primeiro lugar deixem-me dizer que o FIAT Uno foi um carro que deixou muito boas recordações. Foi um modelo desenvolvido pela FIAT para substituir o anterior 127 (da qual fizeram 3 series distintas sempre com grande aceitação). O Uno, que apareceu a publico numa altura em que a crise do petroleo já não assustava muito o comum dos condutores, no entanto não fosse o diabo tece-las, na troca de carro optava-se por um económico. Em Portugal conjuntamente com o Renault 5 e depois o Supercinco batiam-se "taco a taco" pela liderança das vendas. Houve o 45, o 55, o 65, 75 o turbo, e um diesel, qualquer um deles com varias versões de equipamentos e acabamentos.
...mas isto é o FIAT UNO de origem.
Vamos agora analizar este!
Como se pode ver há aqui alguns pormenores de requinte que não foram mencionados anteriormente:
Os espelhos tipo M3; as jantes tipo OZ; a antena; ...já para não falar dos apendices aerodinamicos; da grelha frontal bastante eficaz de grande abertura e em rede de malha fina para evitar o os insectos no radiador [o pessoal do Rally é que ainda não descobriu este blogue pois aqui muito de pode ver a nivel de Xuning (aí que lá vêm os outros cascar-me...)que iria fazer ganhar campeonatos...]; as pestanas nos farois e principalmente um especial aplauso para a terceira luz de stop (lá em baixo mesmo rentinho ao chão. Muito discreta para que não digam que o dono é Azeiteiro e anda a fazer transformações malucas no carro!
Boa viagem à Noruega e um rapido regresso para que possamos ver o que de Tuning de Xuning e de Azeiteiro se faz por lá! Já agora depois gostava de saber como se diz azeiteiro em Norueguês!

The Barman disse...

Linnnnndoooo...................................................





........para pegar fogo! Deve fazer uma linda fogueira HoHo!!

AC disse...

O branco dá-lhe um tom mais discreto mas não deixa de ser Xuning!!!

AC disse...

O branco dá-lhe um tom mais discreto mas não deixa de ser Xuning!!!

JoaoG. disse...

O meu fiat uno vermelho com matricula RJ-49-31 desapareceu me de casa será que foi convertido em tunning;) as tantas...se foi ta com muito bom aspecto eheheh

Torre disse...

O que mais gostei ainda foi o pormenor da faixa branca dos bancos (catita!) prolongar-se pela chapeleira fora, a dar a impressão de que a velocidade do "avistamento" de tal máquina é deveras estonteante, que até o olho humano não é capaz de processar direito, e por isso se arrasta...

André Carvalho disse...

Sugestão:

A acompanhar o texto descritivo, sempre que possível, poderia figurar uma menção ao centro de inspecções que aprovou tamanhas obras de engenharia automóvel de vão de escada...

É só para o tipo simpático da PJ que todas as semanas vistoria este blog (sim, porque eles andem aí), saber quem é que fecha os olhinhos na hora de desembolsar os 26 euros e picos da praxe...

Anónimo disse...

André Carvalho:
O tipo simpático da PJ que todas as semanas vistoria este blog (palavras suas...) vê-o sempre que pode e que a profissão o permite, ...mas a titulo particular! Todos os males do Pais que tanto amamos fossem este tipo de assuntos!

rolone disse...

Boa noite
Como dono de um carro igual, que só por dizer é vermelho, digo que este está muito bem assim. Deviam os construtores pôr aqui os olhos, principalmente nos toques elegantes. Bestial, meu. Só as molas estão a mais pois são inestéticas. Todo o resto é fantástico. Continuem assim....

NDF disse...

Eu conheço este carro! É de Castelo Branco! O cromo anda (ou andava, não o tenho visto ultimamente. Se calhar já está em alguma sucata...)sempre a picar os demais condutores que encontra pela frente desta máquina demoniaca. Para que se saiba, trata-se de3 um "potentissimo" Uno 45 S.....


who's online
eXTReMe Tracker
THE BOBs
Humor blogs
Top Blogs
BloGalaxia
Coches ES

MyFavatar