Comportar-se como um animal ao volante é tão português como o fado e o chibanço. Ter ministros a 200 km/h na A1 sem pagar multa, comprar um Audi em 2ª mão, meter um aileron Matias na oficina do bairro e testar o bólide na ponte Vasco da Gama é português. E dizer mal dos outros também. E viva o blogue :)



segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada...



Cartaz cortesia da ACA-M.


Sim senhor, até que enfim que se viu algumas iniciativas neste país! A ACA-M despoletou várias iniciativas louváveis de sensibilização para o Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada (mesmo a calhar), como uma largada de balões, um por cada vítima mortal nas estradas portuguesas. O cartaz da nova campanha, não sendo brilhante na minha opinião, já é um bom começo.

Já o Ministro da Administração Interna também veio a terreiro visitar um dos pontos mais negros em Portugal, na nacional à entrada de Santarém (obviamente, com honras televisivas). Apesar do oportunismo político evidente, também tenho de ser sincero, fiquei agradado com o que vi: até que enfim se vê o MAI com iniciativas! Já vejo anúncios nos jornais e revistas com anúncios a sensibilizar as pessoas... falta saber se isto é o começo de mais dezenas de iniciativas para continuar pelo menos durante 1 ANO INTEIRO, ou se isto é só para a TV ver e depois deixar no esquecimento, até às eleições de 2009.

Ah, e o Fernando Ruas, o presidente da Câmara Municipal de Viseu que também é conhecido por "Saddam das Beiras", também celebrou a memória das vítimas da sinistralidade portuguesas de um modo sui-generis: passou a 89km/h numa zona citadina onde o máximo permitido era 50km/h, ou seja, uma contra-ordenação grave com direito a 120 euros no mínimo de subsídio de Natal para os polícias. Resultado: Mandaram-no parar para depois mandarem-no seguir, como se não tivesse passado nada. Os nossos autarcas sempre a relembrarem-nos que em Portugal, há uns mais iguais que outros. Deve ser por causa daquele bigode muito iraquiano...

Segundo dados da ANSR, entre 2002 e 2006 morreram nas estradas portuguesas 5.904 pessoas. E este número de mortos não inclui os muitos feridos graves que depois acabam por morrer nos hospitais! 6.000 pessoas é mesmo muita gente! Vamos acabar com este flagelo?!

Este fim-de-semana já andámos com o pé menos pesado, e com os olhos mais abertos, não foi? Então, toca a manter esta atitude defensiva no resto do ano. É preciso campanhas mais duradouras para refrescar a memória de todos! Agora que veio a chuva, não se esqueçam que as primeiras chuvas estão a limpar as estradas cheias de óleo e outros lubrificantes, formando uma película escorregadia! Vá com calma, amigo. E isso também te unclui a ti, ó Fernando "Saddham" Ruas, porta-te bem!

7 comentários:

Jota disse...

Tambem eu acho de louvar esta iniciativa do M.A.I. ...pena é que uns lembram-se desta campanha e outros igoram-na - estou a falar da classe politica e respectivos associados, motoristas e semelhantes!!! Senão veja-se. Este senhor Fernando Ruas (atenção não é pelo valor da velocidade mas sim por ser apanhado pela Policia...) ao ser "apanhado" só tinha é que a encaixar e agir como o comum dos cidadãos e pagar. Mas e é só ele? E aqueles que saem de casa para o Ministério mesmo em cima da hora e dizem ao motorista para se despachar? E um motorista de um secertário de estado com o seu (nosso dos contribuintes) Passat azul escuro que todos os dias o vejo ligar as tais luzinhas azuis na grelha do carro quando se aproxima de uma fila de transito, de um semáforo encarnado, ... e esses? quem os apanha? a Policia? Até vos informo por onde ele passa - todos os dias na Av.Infante D.Henrique por volta das 8 da manhã entre a Nissan e Cabo Ruivo! E a Policia...? Pois, eles sabem que já os informei. da matricula e tudo!
Num Pais com um Governo em condições chulagem destas era corrida a pontapé!!!

Torre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Torre disse...

Apenas exprimo tristeza...

Muito embora não tenha tido nunca nenhum familiar que morresse na estrada, conheço outras pessoas, por exemplo, familiares de amigos, e vos garanto que não há morte mais estúpida que esta...

Imaginem o seguinte cenário: agora mesmo estão em frente ao computador, a rir um pouco com a carripana do Benfica ou o "MercedOpel", e o telefone toca: "Boa noite, estou a falar com..." "Sim...(a apreensão instala-se)". "Fala da PSP/GNR/Hospital de... O senhor é pai/mãe/marido/mulher/filha/filho de..." "Sim...(já houve merda)" "Teve um acidente na A/I/N x, lamentamos, mas já não chegou ao hospital com vida".

E aquela chapada instala-se na vossa vida, sem pedir, de forma abrupta... Mas ainda de manhã saiu, fez a barba, discutimos, rimos, contava anedotas ontem à noite no jantar com os amigos... E agora, pura e simplesmente, já cá não está...

Que lógica faz este mundo!? Passamos num torturante ápice as cinco fases da dôr, negação, raiva, negociação, depressão, aceitação, quando estavamos na nossa vidinha, e essa pessoa especial também...

Pois, ás vezes esticava-se um pouco mais nas ultrapassagens, mas quem não o faz!? Ou até guiava com cuidado, como é que não abrandou a tempo de ver o outro a ultrapassar daquela forma!? Não acredito... É só um sonho mau...

E para já assim é; pelo menos, para os que ainda não passaram por isso. Mas se ao avolumar de números juntarmos a teoria dos seis graus de separação (conhecimento) (para mais informações, googlem Stanley Milgram), em breve tocará a nós, ou a um dos que nos são queridos. É preciso chegar aí!? Parece que não. Ou então sim.

Desculpem o tom pesaroso das minhas palavras, mas face ao que vejo, é pouco pensar assim.

E esta iniciativa do MAI é de louvar, mas o exemplo vem de cima, neste caso, dos governantes. A passar vermelhos porque se levantam tarde todos os dias... Cinco minutos a si não custam, Senhor Secretário de Estado, mas em cinco minutos, passa-se muita coisa...

Paulo disse...

Está quase a fazer um ano que perdi um grande Amigo num acidente de moto causado pela estupidez e falta de civismo de um energumeno que ainda anda na estrada (porque nunca foi identificado).
No velório do Carlos, apareceu um motociclista "recente" já meu conhecido de longa data que comentou comigo algo do tipo "é pena reencontrarmo-nos nesta situação triste". A minha resposta foi um "Bemvindo à comunidade motociclistica..."

Sim. Infelizmente é algo com que temos que viver... por sermos uma comunidade mais "unida", acabamos sempre por ter "más notícias" de alguem que até conhecemos com uma regularidade nada desejada.
Talvez por isso este Dia Mundial nos toque mais profundamente que à maioria das pessoas.

No entanto, e é bom que isto seja dito, só depois das últimas infelizes ocorrencias nomeadamente com o acidente da A23 e com o atropelamento no Terreiro do Paço, é que o Governo se assustou e o Ministro Rui Pereira, da Administração Interna, mais o inenarravél Secretário de Estado Ascenso Simões, resolveram recomendar aos Governos Civis para coordenarem para no mesmo dia e ao nível local, acções de prevenção e sensibilização, se possível envolvendo motociclistas.

Isto, vindo de quem vem, principalmente tendo nos últimos anos ignorado olimpicamente todas as sugestões que os motociclistas e as suas organizações tem proposto no sentido de tornar as estradas mais seguras para nós em particular e para todos os utilizadores em geral, é no minimo caricato.

Fazendo tábua rasa de tudo o que estava a ser organizado, e sem dar cavaco ás Organizações que já estão a trabalhar há largos meses na organização das cerimônias , o Governo fez uma cerimónia nacional em Santarém, para a qual convidou as entidades que integram o Estrada Viva.

Desrespeita inclusivé uma recomendação da OMS-Organização Mundial de Saúde, no sentido de as celebrações deste dia serem realizadas pelas organizações que as iniciaram em conjunto com as entidades oficiais.

O que vi eu nas declarações dos (ir)responsáveis ?
Demagogia. Pura, dura e sem vergonha.
Porque amanhã as únicas "medidas" que se vão ver serão mais uns quantos radares escondidos, outras tantas viaturas descaracterizadas a incitar outros tantos condutores a acelerar e tirar a respectiva fotografia e umas operações Stop com os balões em riste a um ou 2 Kms dos sítios onde as pessoas bebem (e não no local com acções pedagógicas).

Ah, e mais umas campanhas sobre o que mata nas estradas (dizem eles), que é o excesso de velocidade: http://www.ansr.pt/Default.aspx?tabid=183&itemId=11

Triste, não é ?...

Participação do MotoclubeVirtual no Dia da Memória: http://www.motoclubevirtual.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=6242

P.S. - Vou aproveitar este meu comentário e transformá-lo em mais uma entrada no meu cantito .. .acho que merece ...

Paulo disse...

E já agora, para uma informação mais "detalhada" da palhaçada do (des)governo sobre este assunto, espreitem http://www.motoclubevirtual.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=6240&Itemid=58

"V"

Português ao volante disse...

Paulo, estás à vontade para fazeres disto um papel de rascunho para o teu blogue! :)

Já agora, malta, esperem agora ondas assim... estou a preparar postas cómicas, mas não pode ser todos os dias. E isto não pode passar em claro.

The Barman disse...

Boas...

É por estas alturas "Natal" que estas campanhas aparecem nas TV´s e em cartazes nas ruas,todos sabemos que no Natal as coisas complicam nas estradas...mas ...e depois do Natal??

Por onde passa essas mensagens de civismo ao volante??

Eu respondo.........!

-EM LADO NENHUM!!-

Tudo sera esquecido..campanhas,cartazes spots na TV,é como se o bacalhau que comemos por estas alturas, limpasse a memoria aos nossos governates "pimp's".

É sempre de louvar estas campanhas,50% de algumas coisa sempre é melhor que 100% de nada.

Espero estar enganado nas palavras que escrevi.

Espero que em 2008 seja um ano de reflexão para os nossos governantes,e verem que alguma coisa esta mal na estrategia de combate a sinistralidade.

Quero estar enganado e poder vir ca em 2008 e dizer á "Boca Cheia" que vamos ter mais prevenção rodoviaria,mais cartazes todo o ano mais spots nas tv's...

QUE TEMOS MENOS MORTOS NAS ESTRADAS


who's online
eXTReMe Tracker
THE BOBs
Humor blogs
Top Blogs
BloGalaxia
Coches ES

MyFavatar