Comportar-se como um animal ao volante é tão português como o fado e o chibanço. Ter ministros a 200 km/h na A1 sem pagar multa, comprar um Audi em 2ª mão, meter um aileron Matias na oficina do bairro e testar o bólide na ponte Vasco da Gama é português. E dizer mal dos outros também. E viva o blogue :)



sábado, 21 de abril de 2007

O Xôr Dotôr não leva multa!


Esta posta é uma contribuição de um dos agarrados deste blogue, chamado Chico Selfs, que conta uma história bem interessante, passada lá pelos lados de Castelo Branco, no dia 16 de Abril de 2007. Que, com toda a naturalidade, pode ser extrapolada para qualquer ponto deste rectângulo no canto da Europa.

Irei usar as palavras dele, pois o próprio assistiu à caricata situação. Tentei melhorar um pouco as imagens, que presumo serem do telelé dele, e acho que chega para ilustrar a aberração que ele presenciou.

«O Mercedes está, como se pode ver, mal estacionado e ainda por cima está a tapar um carro de pronto-socorro, que a qualquer momento pode sair. Entretanto, uma senhora chega a casa e quer estacionar o carro no largo que se vê ao fundo, só que não consegue entrar devido ao Mercedes.»




Acho maravilhoso que a dita senhora tenha resistido à tentação de riscar o Mercedes... de matrícula 39-BV-68... mas adiante!

«Chama a polícia, que ao chegarem, os dois agentes da PSP vêm a situação e comentam um com o outro que vão autuar o Mercedes e a carrinha de caixa aberta Ford que se vê na imagem. Os polícias andaram ali um bocado a empatar e nisto alguém chamou o dono do Mercedes que estava num café. Os polícias, quando o dono chegou ao carro, disseram-lhe que não podia deixar ali o carro.»

Aqui, o leitor já pode começar a cheirar a esturro...



»o gajo diz que sim senhor agente, tem toda a razão, mete-se no carro e vai-se embora sem sequer ser autuado. E a polícia apenas autua o da carrinha Ford que nem sequer estava a encravar nada. Assim é a lei deste País, o outro como tinha pinta de Xôr Dr. deixam-no ir embora com um simples "Assim não pode deixar o carro" e o outro que até nem estava a encravar nada levou com as culpas do Xôr Dr.»



Lá está a multinha!!

Agora já sabem o verdadeiro segredo da compra desenfreada de Audis, Mercedes e BMW em 2ª mão vindos da Alemanha: por até 15.000 euros, manda-se vir um, anda-se com uma gravata dos chineses, um daqueles telemóveis que tem internet, dente azul, oriculares, câmara, tira cafés e até vem com saca-rolhas, e prontos, já se é um Xôr Dotôr. E está-se imunes a multas!

Aqui está, mais um verdadeiro serviço público prestado pelo nosso colega Chico Selfs. Obrigado pela história, e um bem-haja aí para Castelo Branco!!

4 comentários:

Joana disse...

Olá! Já vi que costumas ver o meu blog...Herman José by LuisM é errado, Herman José by Joana está correcto, eu e o Luis somos amigos, e sócios:) mas o blog é da minha total autoria e responsabilidade:). O que o Luis me ajuda é a passar todas a minhas k7 com programas do Herman para o Youtube, e grava sempre tudo o que sai do Herman para lá colocar também...enfim, achei por bem informar-te que estavas a dar uma informação errada!:)
Beijinho Bom
Joana

Português ao volante disse...

Joana,

Peço perdão por tal gaffe imperdoável! Vou já emendar, e aproveito para me ajoelhar perante ti, pela contribuição monumental que estás a praticar para a malta sedenta de momentos hermaníacos!!!

Silvia F. disse...

Lamentável! O dono da carrinha poderia usar estas provas como forma de contestar a multa, não? Pelo menos fazia-se justiça e os elementos policiais que o multaram seriam identificados.

Rui Vilela disse...

Quando olhei para a primeira imagem, reconheci logo o local, fica na quinta do Amieiro, com certeza o sujeito foi ao Bar que está mesmo ao lado.


who's online
eXTReMe Tracker
THE BOBs
Humor blogs
Top Blogs
BloGalaxia
Coches ES

MyFavatar