Comportar-se como um animal ao volante é tão português como o fado e o chibanço. Ter ministros a 200 km/h na A1 sem pagar multa, comprar um Audi em 2ª mão, meter um aileron Matias na oficina do bairro e testar o bólide na ponte Vasco da Gama é português. E dizer mal dos outros também. E viva o blogue :)



quinta-feira, 19 de abril de 2007

A moda dos coletes ainda não acabou!



No caso de um colete se avariar... este condutor é um génio!


Quando julgava que a moda finalmente tinha acabado, e que os tugas tinham ganho finalmente algum juízo, eis que me deparo com uma relíquia, em versão dupla: os famosos coletes reflectores pendurados nos bancos! Não um, mas dois. Isto, meus amigos, é que é prevenção ao volante!

Apesar de ser perfeitamente legal ter um colete na mala e de ser permitido por lei sair do carro sem colete, com o propósito de o ir buscar e vestir, gerou-se uma verdadeira comunidade de portugueses ao volante que achavam que o melhor lugar para ter os ditos apêndices era nas costas dos assentos. Uma vez, durante aquela época da parvoíce 'tenho-de-compar-colete-senão-sou-multado', cheguei a ver um tipo a conduzir de colete vestido!

Nunca percebi o porquê de ter à mostra o banalíssimo colete reflector... que eu saiba, se o pneu furar, não é preciso andar feito Fórmula 1 a mudar o pneu, e colocar o colete no banco para roubar alguns segundos ao melhor tempo não é, realmente, um exercício de quem é mentalmente saudável...

Ainda se a Giorgio Armani fizesse coletes, para os riquinhos colocarem nas costas dos seus Mercedes, percebia-se, ... mas não. Quanto à escolha da côr do colete, vou deixar os mestres com a sua fantástica rábula.

2 comentários:

Ricardo disse...

O coletinho! Cor-de-Rosinha! Essa é sem duvida a melhor rábula dos Gato.

Barras disse...

n há mesmo nada mai linde que o colete no banco...looool


who's online
eXTReMe Tracker
THE BOBs
Humor blogs
Top Blogs
BloGalaxia
Coches ES

MyFavatar