Comportar-se como um animal ao volante é tão português como o fado e o chibanço. Ter ministros a 200 km/h na A1 sem pagar multa, comprar um Audi em 2ª mão, meter um aileron Matias na oficina do bairro e testar o bólide na ponte Vasco da Gama é português. E dizer mal dos outros também. E viva o blogue :)



domingo, 7 de outubro de 2007

Acho que um "híbrido" não é bem isto...






A língua portuguesa, já dizia o grande mestre Herman, é bem traiçoeira. Só mesmo a língua de Camões para colocar qualquer tuga em férias pela Europa Central a rir-se que nem um perdido a cada sinal de trânsito que encontre... E, provavelmente, foi mais uma confusão derivada da terminologia lusitana que ditou este verdadeiro atentado visual, que pertence ao espólio monumental e único do grande fire4me, que me enviou estas fotografias no mês passado. Para verem como ando atrasado, e agora só lanço carne nada fresquinha no blogue...

Mas voltando ao burgesso, tamanho "híbrido" só pode nascer de uma grande confusão de um português sobre o verdadeiro significado semântico-sintáctico, léxico-morfológico e até gramático-táctico da palavra "híbrido". É verdade que está na moda ter um híbrido, mas alguém devia ter-lhe dito que este conceito tem a ver com o motor do carro, e não com a sua decoração. Este pobre Audi Quattro não merecia tal vergonha, ao ser Subarizado desta maneira vergonhosa, devido a uma interpretação dúbia do conceito híbrido.

Reparem bem na grossura daquele tubo de escape. Se dúvidas havia, agora não resta nenhuma; o tipo deve medir o CO2 dele em kg/km! Tenham muito cuidado quando ficarem atrás dele num semáforo: mmetam o pé bem enterrado no travão, e puxem o travão de mão, porque quando ele arrancar, bem que vai precisar de toda a aderência possível para não ser projectado contra o carro de trás.

Várias perguntas assolam-me ao responsável por este atentado visual: Ó Nuno, porque raios não compraste um Subaru primeiro? Se gostas tanto de rallies, não sabias que os Audi Quattro possuem a sua própria história bonita, e não precisavam de tamanha humilhação? Será que o teu outro carro é Lancia Delta vermelho, a dizer TOTAL por todo o lado, ou um Corolla decorado com as riscas Martini?

Tenho uma nova sugestão para um híbrido: e que tal combinar a decoração de uma ambulância com uma Piaggio AP 50? Ficava-lhe bem, não acham?

7 comentários:

andre modesto disse...

o audi quattro tem mesmo a sua propria história...sendo o primeiro carro com tracção ás 4.
O subaru impreza também, mas como o impreza é mais recente...adapta-se um audi quattro para se parecer com ele.

Anónimo disse...

Sem dúvida ridículo...

Mas onde é que vê um audi quattro? Eu vejo um audi 80!... que de quattro tem tanto como de subaru...

Português ao volante disse...

Com tanta transformação, nem sei se é um 80, se um 90, se um 90 quattro (B3). Seja como for, é hedioso!

andre modesto disse...

talvez me tenha enganado...talvez seja 80, mas a linhas rectangulares fazem parecer o quattro

fire4me disse...

Quando tirei a foto fiquei com ideia que era um audi 80.

mas com tanta alteração que fizeram ao pobre carro ja nem sei bem se é um Audi... :P

Shadow disse...

É um Audi 80, o Quattro tem um pilar B mais grosso, tem os puxadores das portas diferentes e se bem sem só existe carroçaria de 3 portas...

Quanto a posta em si, se calhar se ele tivesse poupado o dinheiro nos farolins "tipo Lexus", no escape "grossura cano de esgoto de rendimento", no capo "aspirador" e mais algumas coisinhas, teria tido dinheiro para um Impreza STi importado directamente da Alemanha, só que depois não tinha possibilidades de entrar no concurso dos "picas-a-gasóleo", porque este 80 deve-o ser :D

Shadow disse...

Uma correcção, onde esta sem leia-se:
"me lembro"
Esta cabeça...


who's online
eXTReMe Tracker
THE BOBs
Humor blogs
Top Blogs
BloGalaxia
Coches ES

MyFavatar