Comportar-se como um animal ao volante é tão português como o fado e o chibanço. Ter ministros a 200 km/h na A1 sem pagar multa, comprar um Audi em 2ª mão, meter um aileron Matias na oficina do bairro e testar o bólide na ponte Vasco da Gama é português. E dizer mal dos outros também. E viva o blogue :)



terça-feira, 17 de julho de 2007

E agora, o que fazer ao dinheiro?!





- Uma média de 200 multas por hora, ou se quiserem, 3,33 multas por segundo!
- 4.090 infracções, uma delas perpretada por um herói a 179km/h.
- Mais de 114 mil euros em nove horas. E sem preencher o boletim com as cruzes!

Mirabolante! Incha, Joe Berardo, desta não te lembraste tu, ó fanhoso de preto!

Quem é que estava à espera deste sucesso estrondoso?! (retirado do PortugalDiário). É fantástico! Lindo! Uma obra de arte! Estes moços são uns senhores! É uma verdadeira obra de engenharia chico-espertista esta que assistimos na segunda-feira, com a activação dos radares em Lisboa!.

Acredito que o próprio Sócrates e o Costa não estavam à espera deste dinheirinho extra para os Saldos! Dinheiro bem merecido, pois a colocação dos radares foi estudada ao pormenor para rentabilizar ao máximo as multas, cagando de alto para a segurança rodoviária. Não não sou só eu, o presidente da ACP, Carlos Barbosa, também não gostou muito dos locais dos radares.

Que interessa? Estes dois novo-ricos estão cheios de guito, e ao que consta, já andam a planear gastá-lo. O António Costa não gosta muito lá do Audi A8 W12 de 150.000 euros que o Santana Flopes deixou lá a apodrecer... está a pensar comprar um Hummer H2, para poder ver melhor a sua nova cidade. Quanto ao Sócrates, uma viagem a uma estância de ski deve estar nos seus horizontes... quanto aos tugas multados por andarem a 55km/h numa avenida que dantes andava-se a 80km/h, como no prolongamento da Av. dos EUA, AZAR! Ficam sem poder ir aos Saldos, ou então, vão à praia da Costa da Caparica, em vez de irem para o Allgarve (sim, com dois L).

Mas antes que estourem tudo nisso, vou cá dar as minhas dicas: passem pela lista de pontos negros da cidade de Lisboa, e arranjem de vez estas 117 aberrações de Lisboa! Ainda hoje, ao pé da Reitoria da UL, vi um peão aflito para atravessar a estrada. E com razão, pois estava numa zona onde a passadeira só era agora vestígios jurássicos!! E eu passei de carro lá, e podia ter acontecido um acidente grave!! De quem era a culpa? Minha, pois claro, pois não vi uma passadeira da mesma cor do alcatrão.

Arranjem o raio do bueiro no acesso ao eixo Norte/Sul em Sete Rios! Voltem a pintar as passadeiras e ponham lombas em passadeiras cruciais ao pé de escolas, universidades e hospitais, pois eu já perdi a conta de sustos que já apanhei a atravessar as ditas! Sejam homenzinhos crescidos e façam obras que se vejam! Novos-ricos da treta!

6 comentários:

n disse...

O especialista em transportes Fernando Nunes da Silva pronunciou-se ontem sobre os radares lisboetas.

Deixo aqui o convite à leitura:

http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.php?id=833524

Português ao volante disse...

n, deixa-me já agora ressalvar as tuas intervenções de nível. Realmente, é chocante a lata com que se foi andar a impor limites de 50km/h em sítios onde é impossível haver atropelamentos, com o único objectivo de amealhar receitas.

Vinyl disse...

Caríssimo Tuga à rodinha, pior vai ser quando começarem a multar quem anda a 125 kms/h nas AE's...

RaCcOn disse...

@vinyl

Bem pior mesmo...

Unknown disse...

Eu sou por um dia de "greve de zelo" dos automobilistas de Lisbos. Eu queria ver como seria se andássemos todos a 50 durante uma semana pelas ruas da cidade...

Anónimo disse...

200 multas por hora n sao 3,33 multas por segundo, LOL! Anormal.


who's online
eXTReMe Tracker
THE BOBs
Humor blogs
Top Blogs
BloGalaxia
Coches ES

MyFavatar