Comportar-se como um animal ao volante é tão português como o fado e o chibanço. Ter ministros a 200 km/h na A1 sem pagar multa, comprar um Audi em 2ª mão, meter um aileron Matias na oficina do bairro e testar o bólide na ponte Vasco da Gama é português. E dizer mal dos outros também. E viva o blogue :)



quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Também eu quero andar em marcha de emergência!!!





Quem faz todos os dias pela manhã a A5, direcção Cascais-Lisboa, decerto que se vai rever nesta posta tão bem como o José Castelo Branco numa oficina de loiças de Caldas da Rainha. É que, ainda hoje, fui praticamente "abalroado" para o lado, por duas vezes num intervalo de 15 minutos, pelas horrorosas carrinhas bege Ford Transit de transporte de prisioneiros, que levam os presos de Caxias para os tribunais de Lisboa.

É claro que avançam destemidos e protegidos pelos pirilampos azuis ligados e com as sirenes irritantes a azucrinar os ouvidos de todos, como mandam as regras, enxotando os demais condutores que, pacientemente, fazem fila como também mandam as regras, e que não fizeram mal a ninguém para merecerem estar presos em Caxias. Mas, onde é que é o fogo? Alguém está a morrer?! Não! Então para que raio é a marcha de urgência? Sim, por que para mim, uma ambulância, um carro da polícia ou um carro dos bombeiros, podem andar legitimamente em marcha de emergência para acudir a fogos, resolver situações complicadas, ou salvar vidas. E qual é o raio da emergência das carrinhas celulares?!

Simples: andam a transportar prisioneiros para chegar às horinhas certas para o tribunal, para o Sr Dr Juíz não ficar muito tempo à espera para mandá-los em liberdade. E é vê-los a abusar desta benesse da lei, e a armarem-se em personagens do filme "Bringing Out The Dead" (grande filme), e atirarem-se para o meio da faixa com a sua sirene aos gritos, como se andassem a transportar órgãos para transplantes, ameaçando arranhar os carros que não se encostarem bem ao ladinho (como foi o meu caso, hoje, onde queria "inventar" uma 3ª faixa numa zona com duas faixas), só porque não sabem acordar meia-hora mais cedo! Sim, porque se eu quiser chegar a horas ao trabalho, só preciso de me deitar mais cedo e acordar mais cedo. Porquê? Porque não tenho pirilampo nem tenho sirene. E eles, porque não fazem o mesmo? O prisioneiro tem o sono pesado, é?

Mas é este o país que temos... agora anda tudo em marcha de emergência. Presos preventivos para irem ao tribunal, políticos para irem comprar tabaco, embaixadores para deixarem os putos no colégio, tudo é uma emergência! Que espectáculo de país. O que vale é que o prisioneiro leva o que merece: é vê-los chegar ao tribunal todos despenteados e com os ouvidos incapacitados. E ainda falta a viagem de regresso...

22 comentários:

AC disse...

Sim senhor, belíssimo post.

Headache disse...

Se pensares um pouco, percebes o porquê da marcha de urgência.

E o "levantem-se 30 minutos mais cedo" é mesmo abusado.

Português ao volante disse...

Honestamente, headache, não consigo perceber o porquê da marcha de urgência. A sério. Diz-me o que sabes, paa ver se abrimos uma discussão produtiva aqui.

Tiago Xunga disse...

Por acaso também sofro diariamente desse fenómeno, e já pensei porquê! A única razão, não sei se a do Headache, será por questões de segurança, mas visto à luz do nosso país o que há mais por aí são barricadas para tirar o amigo que foi preso das garras da lei!
Acho abusivo, mas não é daquelas que me custa mais a aceitar...

Headache disse...

É mesmo por uma questão de segurança, porque os detidos estão numa situação de vulnerabilidade. Podem ser alvo de violência ou de tentativa de resgate, etc.

Jedi Master Atomic disse...

Faz um teste amanhã. Liga os médios, os 4 piscas e toca na buzina de vez em quando (tornando-te assim num veiculo prioritario), para ver se os outros condutores te deixam passar na A5.

Será um teste giro !!!

LOL

Português ao volante disse...

headache, acredito piamente que, em 100 viagens em emergência, só 1 é que deve ser minimamente justificável. Portugal não +e assim um antro de mafiosos, pá. As marchas de emergência devem ser usadas nessas situações, não podem ser apenas por puro comodismo.

GATO PRETO & GATO BRANCO disse...

Muito bem português ao volante foi uma bela posta!

ricardocm disse...

exactamente como disse o headche é para evitar fugas ou tentativas de resgate

Radic disse...

Este tipo de marcha de urgência incomoda-me logo de inicio por pensar que um "parasita da sociedade" que anda a comer e a dormir à minha custa ainda me prejudica na minha marcha para onde quer que seja!
No entanto analizando este tipo de situação, acabo por compreender a tal marcha de urgencia.
...Infelizmente não compreendo é outro tipo de situações, como Ministros, Secretário de Estado, secertários dos secretários, ...enfim toda essa, se me permitem - corja que por aí anda, sempre com pressa, a passar pelas filas nas faixas do BUS, nos sinais vermelhos, ...já para não falar d recente Cimeira dos Chefes de Estado de Paises Sub desenvolvidos, em Lisboa onde desonestos, vigaristas, assassinos e demais tinham honras de lhes ser cortado o transito numa cidade já de si a abarrorar pelas costuras em má sinalização, erros de movimentação de transito, e outros que tais por incuria da Camara! Aqui a propria Policia (destes eu tenho pena) tem que engolir sapos e compactuar com o crime!

Jota disse...

...é lááá!
Não acha que está a ser um pouco radical? A sinalização de marcha de emergência pouco ou nada tem que ver com os Juizes não terem que esperar. Tão simplesmente e como anteriormente dito, é apenas para evitar todo e qualquer acto que possa pôr em causa a segurança (ou a fuga) do detido. Posso não concordar com este tipo de atitude das forças policiais, no entanto, ...é assim que as regras estão feitas. ...e nós temos que nos reger por regras...
Já no que concerne ao "Radic", ...bem... temos aqui quem não tem papas na lingua (ainda que, e no meu entender, nem tudo seja absolutamente verdade).
Esqueceu-se no entanto de mencionar alguns motoristas de ministros e secretários que ao aproximarem-se de um semaforo, cruzamento, ou fila ligam os "pirilampos" azuis para não terem que estar à espera. ...e vão sozinhos no carro (como é o exemplo de um VW Passat azul escuro que diariamente passa na Av.Infante D.Henrique entre Moscavide e Xabregas por volta das 8 da manhã...)

Português ao volante disse...

Peço desculpa, mas sequestro de prisioneiros em carrinhas celulares é um acontecimento apenas vulgar em Hollywood!

Desculpem lá, mas também já vi uma ambulância a pastar e, quando cai o sinal, também ligou as sirenes para "poupar combustível" e continuar na mesma velocidade.

As marchas de emergência devem ser mesmo para isso: EMERGÊNCIAS. Não me venham convencer que todos os transportes de prisioneiros são emergências e potenciais alvos de assaltos, que eu ão compro!

Jota disse...

Olá bom dia.
É bem verdade isso da ambulancia. Muitos abusivamente utilizam o dita "marcha de urgencia" para se safarem ao transito. Mas faz parte da cultura Portuguesa, está-no sentranhado na carne - o desenrasca!
Contudo não são sá as ambulancias. Casos há (nos Bombeiros da Parede, por exemplo) que saíam em marcha de urgência do quartel até ao centro da Vila para beberem um café e comprar o jornal e posteriormente lá iam eles novamente com a sirene e rotativos ligados para o quartel.

n disse...

Finalmente!...

Grande P@V, eu costumo fazer a A5 nesse sentido todos os dias e também nunca percebi a lógica da sirene.

Finalmente alguém repara nisso e, tal como eu, questiona aquela palhaçada!

Eu já comentei com a minha namorada, já falei com os meus familiares, debati o assunto com pessoas que fazem o mesmo percurso... e a única justificação que encontramos reside naquela doença que afecta uma boa parte de nós (e confesso que a mim também, de vez em quando) chamada preguiça ao acordar!

Ao que sei, o Estabelecimento Prisional do Linhó, de onde presumo que venham essas carrinhas, não é um estabelecimento prisional de alta segurança. Logo, os detidos não são propriamente os de maior risco nem os que apresentam um maior perigo no seu transporte.

No que diz respeito ao ponto levantado pelo caro Headache e não querendo dar qualquer dor de cabeça a ninguém, vamos lá a pensar todos juntos...

Se o objectivo é realmente a segurança do detido ou do transporte e, como tal, é importante não imobilizar o veículo no percurso a efectuar até ao Tribunal, não acham que se eles acordassem "30 minutos mais cedo", como diz o P@V, teriam o caminho muito mais livre e com muito menos factores de risco?

Hmmm... Realmente... Dá que pensar...

Em conclusão: já por mais de uma vez pensei em simplesmente não abrir caminho. Não me desviar. Ficar ali quietinho com a minha música, aguardando pacientemente que a fila de trânsito avance.

Pode ser que um dia destes faça isso mesmo!

Piston disse...

Confirma-se. Todos os dias dou por eles na A5.
Provêm de Caxias e de Tires.
Acho que não tens razão nenhuma.

Não tendo conhecimento que o possa aprovar, também não tenho nada contra.

Se os guardas prisionais entrarem ao serviço a hora X, devem começar a fazê-lo a hora X-30 minutos só para não fazerem uso da marcha de urgência?

Piston disse...

Radic, os prisioneiros não querem ser parasitas. Soltem-nos que eles agradecem.

PAV, imaginemos que os guardas prisionais não fazem uso da marcha de urgência. Não seria muito mais provável que, sabendo disto, houvessem muitas mais tentativas de resgate? Como é que eles fugiam estando presos nas filas?
As carrinhas celulares são muito menos seguras e desprotegidas que as de transportes de valores.

Português ao volante disse...

Piston,

Há que dar o benefício da dúvida, sim senhora, mas uma marcha de emergência é geradora de mais caos no tránsito, e acho que se anda a abusar dessas ditas marchas. Se o prisioneiro é de risco, então meta-se uma escolta policial.

Já agora, um político também é de risco? Podem querer matá-lo. E um juíz, não é também? E um inspector da PJ, também não é um alvo parado no trânsito? Se formos a ser coerentes, se calhar esses tipos também deviam andar a circular sempre de pirilampos ligados, e não fazemos outra coisa senão arredarmos para o canto...

O bom senso é que deve imperar, e acho que neste caso, anda-se a roçar o exagero.

P.S: Já agora, o tu blogue está bem catita. Força nisso.

Torre disse...

Ena, tanta discussão! Estive fora uns dias, e muito me alegra ao voltar cá ver tanto comentário!!!

Como em tudo, temos que ver as situações com um grão de sal, ou seja, concordo com ambas as posições aqui postas. Por um lado, concordo que alguns prisioneiros, quer pelo seu nível de perigosidade, quer pela própria possibilidade de se fazer uma emboscada para este se evadir/ ser raptado, é uma realidade, e já aconteceu um par de vezes, mais do que as pessoas pensam, até...

Por outro lado, não são todos que constituem o mesmo risco, ou seja, por regra, não será necessário SEMPRE usar a marcha de urgência... E já vi situações de ambulâncias que pelos seus tripulantes estarem aborrecidos no meio do trânsito, ligam a dita, ou mesmo polícias a dirigirem-se para um restaurante (!) a usarem a marcha de urgência, entrando depois pacatamente no dito restaurante, ou seja, não era um rapto, nem terrorismo... A não ser talvez o deles, a perverterem o sistema!!!

Tudo tem que ser visto então com isenção: se é certo que em alguns casos pontuais a marcha de urgência é necessária, mais certo é que não raras vezes se abusa dessa prerrogativa, que também nós podemos usar... Mas se fossemos nós a fazê-lo, será que as consequências eram as mesmas!?

McBrain disse...

Portugus ao volante:

Tenho a certeza que são as regras que eles têm, por motivos de segurança.

E podes dizer o que quiseres, que só acontece em Hollywood. Mas quando acontecer um dia, podes ter a certeza que o guarda prisional que der essa resposta perde o emprego.

McBrain disse...

s/Portugus/Português

Sorry! :-)

Iconoclasta Vesgo disse...

Gosto muito deste blog, e venho ler com bastante regularidade, embora não concorde com alguns pontos de vista.
Como já foi dito, será por uma questão de segurança dos presos e em especial dos próprios guardas prisionais.Imaginemos que eu sou um mafioso da pior espécie e que vou bufar a tribunal (e não, isto não acontece só nos filmes americanos), provavelmente chateei alguns colegas e eles vão querer vingança.Ora se quisessem silenciar alguém, não aproveitavam um momento de fragilidade enquanto estivesse parado no trânsito?
Continuem a denúncia....

Anónimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ vente viagra
http://commanderviagragenerique.net/ prix viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra precio
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ viagra


who's online
eXTReMe Tracker
THE BOBs
Humor blogs
Top Blogs
BloGalaxia
Coches ES

MyFavatar