Comportar-se como um animal ao volante é tão português como o fado e o chibanço. Ter ministros a 200 km/h na A1 sem pagar multa, comprar um Audi em 2ª mão, meter um aileron Matias na oficina do bairro e testar o bólide na ponte Vasco da Gama é português. E dizer mal dos outros também. E viva o blogue :)



quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Se conduzir, não fumes charros!



Mais uma condutora que agora vai ter que designar um
condutor "100% Cool", ou neste caso, "100% no-weed".


Pois é. Em Portugal, a polícia acaba de receber novíssimos equipamentos para a segurança rodoviária. Não não me refiro às pistolas Taser X26, é mais aos kits anti-droga que eles agora possuem. Pois é, agora sempre que se realizar uma operação STOP, você vai ter que soprar ao balão e lamber o aparelho, antes de seguir viagem.

Até aí nada de novo. Lá estão vocês, «por onde é que este tipo vai pegar com a polícia»... bem, como não fumo nada suspeito nem ando em calmentes ou outras tretas, não me aquece nem arrefece... agora que foi divertido ver a notícia que passou na TV, foi bastante divertido! A culpa toda vai a esta irritante obcessão da polícia querer usar frases estupidamente longas e termos o mais silábicos possíveis para descrever uma coisa.

Sim, uma coisa estilo "coima" do Gato Fedorento. É sabido de todos que, para dizer uma coisa simples tipo "você pisou o risco contínuo, vai pagar multa!", o polícia tradicional diz numa linguagem tipo "o individuo em questão coagiu a sua viatura automobilística a exercer uma manobra que acarretou uma transposição bascular e transgressiva do traço delimitador do fluxo rodoviário. Devido a esta constatação realizada pelo agente da autoridade competente para o processo, ou seja, eu, irá ser punido com uma coima nos termos do Decreto Lei nº 34/96". É ou não é?

Pois bem, ontem entrevistaram um bófia a falar sobre estes novos aparelhos de detecção de drogas. Vejam bem, a palavra droga já inclui praticamente todas as substâncias que alteram o comportamento do ser humano, e que como tal, são apanhadas pelo aparelho. Mas não, é uma palavra muito pequena. E o agente não fala português, fala policiês! E é perfeitamente lamentável que a polícia portuguesa ainda não tenha recebido formação adequada para começar a falar todas estas palavras com mais de 5 sílabas! Não há mais dinheiro da UE para uma formaçãozeca?!

O resultado foi uma entrevista onde o gajo engasgava-se como uma primeira velocidade mal metida: ele engasgou-se 3 ou 4 vezes para dizer "substâncias psicotrópicas e estupefacientes"... ele foi antropotrópicas, ele foi estupefomórficas, ele foi antropomórficas... uma verdadeira risada.

Porquê? Digam "drogas" ou "calmantes", porra!! Um terço da população portuguesa não consegue ler um horário de comboio! Mas fique alerta, senhor condutor, eles estão aí e não vão hesitar em usar todo este jargão novo em cima de si! Tente não ouvir essa diarreia verbal, senão fica nauseado, e aí ele vira e diz: "Aha, com que então o senhor condutor apresenta sintomas evidentes de alegados consumos de substâncias antropofílicas e estupeficadas!!"

Lembra-se quando foi os controladores do álcool?! Hoje, dizem: "Vá lá, sopre ao balão a ver o seu nível de álcool no sangue". No início, era bem pior!! "Queira o senhor condutor emitir um cosniderável caudal de ar expelido pelos seus pulmões para que este dispositivo electrónico possa aferir a quantidade de moléculas orgânicas de fórmula C2H5OH, ou seja, álcool etílico, que estão em consonância atómica com o seu líquido hemoglobular, a fim de atestar se os valores medidos não excedem os limiares estabelecidos pela Portaria 45/87 do Diário da República emitido no dia 1 de Abril de 1983"?!

3 comentários:

andre modesto disse...

hahahahahaha gostei! :D
Mas, então e o resto? hoje em dia está na moda dizer coisas que a maioria não compreende, ou então que compreende mas "dá estilo"...

"bem, depois desta sessão, vamos efectuar um coffe break...seguido de uma ligeira briefing..."

ok, fugi um bocado ao assunto :P

Português ao volante disse...

Obrigado, senhor provedor! :D

Super Guerreiro do Espaço disse...

Ah pois é...

Olhe a mim a dúvida que me restou é se os
Estupefacientes é sim... Ou é não?


who's online
eXTReMe Tracker
THE BOBs
Humor blogs
Top Blogs
BloGalaxia
Coches ES

MyFavatar