Comportar-se como um animal ao volante é tão português como o fado e o chibanço. Ter ministros a 200 km/h na A1 sem pagar multa, comprar um Audi em 2ª mão, meter um aileron Matias na oficina do bairro e testar o bólide na ponte Vasco da Gama é português. E dizer mal dos outros também. E viva o blogue :)



segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007

Epá, já vi de tudo! Algemas?!



Já é mau suficiente estacionar no lugar dos deficientes sem comprovativo...


...agora com algemas no retrovisor? Será um fugitivo de um hospital psiquiátrico?


Sempre que vou a este centro comercial e quero ver as maiores aberrações ao nível de tuguice ao volante, não tenho que ir muito longe: todas elas estacionam no lugar dos deficientes, para ser mais fácil exibirem as suas anormalidades. A propósito, será que o xuning já é considerada uma perturbação ou desordem psicossomática grave, passível de ser considerada invalidez mental, que permite aos seus praticantes estacionar nestes lugares?

Este fulano, no entanto, intrigou-me muito: em vez do terço, enfeitou o retrovisor com uma metade de algemas! Ora, partindo do princípio que o dono do carro (sem o respectivo dístico de deficiente) decidiu estacionar mesmo em frente ao acesso ao centro, ou seja, no local de passagem de toda a gente, é porque estava sedento de mostrar o seu ornamento peculiar. E, como qualquer artista, deixa que qualquer um pondere o significado da sua obra de arte. Eu tenho três teorias, o leitor terá mais alguma?

1) O tipo fugiu da prisão, serrou as algemas, roubou este carro e foi ao centro comercial roubar roupa nova para passar despercebido. Deixou as algemas penduradas para saber qual é o carro que roubou, e levou as outras algemas para atrofiar os detectores daquelas coisas presas à roupa. Ou seja, é um furagido perigoso, e eu devia ter alertado as autoridades.

2) O tipo é um pervertido sexual, e as algemas são mais um utensílio sexual do que propriamente um ornamento. Provavelmente, foi comprar vaselina ou um cuecão de couro. Podia ter espreitado para o banco de trás... e ainda hoje acho que fiz muito bem em não querer espreitar o banco de trás. Acho melhor não continuar por aqui, havia muito a dizer sobre a manete de mudanças.

3) O tipo é, efectivamente, um polícia. Tem uma fotografia do Chuck Norris em cima do porta luvas, e um bastão ao pé do assento. O porta-luvas tem um "taser" e um bloco de multas. Há um radar artesanal debaixo do capot, e um alcoolímetro na bagageira. O estacionamento era só para ver se alguém cumpre o dever cívico de o denunciar, senão, essas mesmas pessoas estão em transgressão.

2 comentários:

Anónimo disse...

sim, sim, sim, tu nao deves ter nenhuma critica a te apontarem, olha-te ao espelho

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ prix cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis roma
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis


who's online
eXTReMe Tracker
THE BOBs
Humor blogs
Top Blogs
BloGalaxia
Coches ES

MyFavatar