Comportar-se como um animal ao volante é tão português como o fado e o chibanço. Ter ministros a 200 km/h na A1 sem pagar multa, comprar um Audi em 2ª mão, meter um aileron Matias na oficina do bairro e testar o bólide na ponte Vasco da Gama é português. E dizer mal dos outros também. E viva o blogue :)



sexta-feira, 4 de julho de 2008

Espero bem que Darwin esteja errado!





O nosso colega Torre pare que finalmente está a cumprir a sentença decretada por mim e pelo senhor provedor deste blogue e está a contribuir com imagens de portugueses ao volante que, como hei-de dizer, se calhar até preferia continuar a desconhecer.

Comecemos por este Aixam único. Digo único, evidentemente, porque nunca tinha visto uma inovadora pála corta-vento com uma borda cromada. O facto de ser um "Aixam Evolution" faz-me pensar se realmente as leis de Darwin serão mesmo reais; pelo menos, contorço-me a imaginar possíveis mutações genéticas derivadas desta aberração. A nossa esperança é que esta espécime não arranje o respectivo automóvel fêmea para lançar os seus fumos de escape.

Apesar de este veículo ser relativamente recente (matrícula DI, deve ter prái um ano e meio?), ao que parece o dono já esgotou o reportório de personalizações, como são os autocolantes tribais, o apêndice ailerónico da escova pára-brisas, o volante Lidl, o pneu pintado a corrector de papel, os travões de trás pintados a vermelho, o Tweety em vez da Penélope e o abuso de cromagem.

É claro que a teoria do criacionismo aqui não entra. Entrava se estivéssemos a falar de um Aston Martin DB9, mas este Aixam mostra que não há nenhum ser supra-sumo que crie coisas à sua imagem. Se realmeste esta é a mostra da evolução da espécie automóvel, então espero bem que Darwin tenha estado com uma grande bebederia quando escreveu o "Origem das Espécies". Tal como o dono do Aixam.

8 comentários:

DR. disse...

Sem duvida um grande espécime desse, também grande, fenómeno de seu nome azei...tunning.
Bem diferentes das "traineiras" que passeiam aqui na minha terra, aqui ou quem as tem não sabe conduzir ou então não... não sabe conduzir pois andam todas desfeitas.

André Carvalho disse...

Não esquecer que a Abarth teve dedo nesta história toda e, portanto, se o controlo no pé direito não for bem exercido, a frente poderá levantar até 20cm do chão em aceleração repentina!

caditonuno disse...

esse deve quase voar, nao? se voa, onde se encaixa na teoria de darwin?

jccradventures disse...

faltou na descrição um extra. a ventosa com suporte para telemovel. e é bem capaz de ter GPS, só que não se vê.

Português ao volante disse...

jccradventures, podes reparar que eu estrategicamente esqueci-me de referir a presença de um certo cachecol de um clube, por vergonha em associar essa grande instituição a este Aixam...

andre modesto disse...

os aixam's têm tracção á frente portanto não podem levantar as rodas da frente em aceleração repentina, quando muito, esgravatam! LOL

NHEKNHEK disse...

Esgravatam...lol deve ser bom para lavrar campos...a esgravatar a terra!

Mas agora a sério, esta maquina podia ser bem a proxima capa da "Maxituning"...

grandes musicas naquele autoradio:
"Born to be wild" dos steppenwolf...
"High to hell" dos ACDC
"Speed" de Billy Idol
E "Apita o comboio"

Torre disse...

Olha quem aqui está...

E que belo especimen é! Fiquei um pouco zonzo na altura que o vi, pelos reflexos dos cromados que tem... Parece um Rolls em miniatura, tipo micromachine!

Mas depois logo vi que a preparação era Abarth, e isso num Aixam, tem muito que se lhe diga!

O dono tinha uma bigodaça à pai de família, daquelas amareladas pelo tabaco e tudo... Um português como se quer, temente a Deus (mas só em alturas de crise), contribuinte para a tabaqueira, e com um péssimo gosto para decorar o seu veículo móvel...

Imaginem agora a casa, tipo, um só azulejo gigante de côr batom vermelho...


who's online
eXTReMe Tracker
THE BOBs
Humor blogs
Top Blogs
BloGalaxia
Coches ES

MyFavatar